Mundo Corporativo

Mundo Corporativo

Sinopse

Comentários de Carlos Julio, Jaime Troiano e Cecília Russo, Leny Kyrillos, Luis Rasquilha, Max Gehringer, Sandra Boccia, além de entrevistas feitas por Mílton Jung.

Quem ouviu esse, ouviu também:


Episódios

  • O mundo corporativo precisa cada vez mais de peritos em pessoas
    'O mundo corporativo precisa cada vez mais de peritos em pessoas'
    Duração: 25min | 12/10/2019

    Dante Gallian, historiador, professor da Unifesp e sócio-proprietário da RHumanística conversou com Cássia Godoy sobre a responsabilidade humanística, conceito cunhado por ele que propõe humanizar as corporações. 'Um líder que não é humanista é simplesmente um organizador de tarefas', diz.

  • Qual é o seu propósito?
    Qual é o seu propósito?
    Duração: 05min | 12/10/2019

    Jaime Troiano e Cecília Russo falam sobre o livro deles 'Qual é o seu propósito? A energia que movimenta pessoas, marcas e organizações no século 21'. Cecília Russo diz que 'o conceito do propósito muita gente fala, mas pouca gente entende’. Cecília Russo falou da necessidade de trazer um livro brasileiro para o mercado que alinhasse um pouco esse conceito e desse uma seriedade que esse tema do propósito merece. 'A gente tem uma metodologia'. Jaime Troiano explica que o livro foi construído com muito cuidado usando casos verdadeiros.

  • Como os problemas de comunicação podem tornar as pessoas vulneráveis?
    Como os problemas de comunicação podem tornar as pessoas vulneráveis?
    Duração: 05min | 11/10/2019

    Leny Kyrillos fala sobre o congresso de fonoaudiologia que traz o tema: "vulnerabilidade e cuidado com a saúde". Ela explica que todo mundo se comunica com alguma intenção, mas que nem sempre a mensagem chegará ao interlocutor da maneira que imaginamos. Quando a pessoa tem alguma dificuldade relacionada ao processo de se comunicar, acende um alerta. É preciso ficar atento e, se for o caso, propor uma intervenção.

  • Não tem mágica: gestão não é apertar um botão e já esperar resultado
    Não tem mágica: gestão não é apertar um botão e já esperar resultado
    Duração: 12min | 09/10/2019

    Carlos Júlio fala sobre o modelo 'drive-thru' de gestão. 'Tem alguns gestores que acham que a coisa é fácil. E o fato de algumas startups crescerem rápido, não quer dizer que sejam lucrativas'. Ele alerta que é preciso ter paciência, fazer ajustes, aprender com erros, dentro da chamada curva de aprendizado. O analista ainda dá cinco dicas para conseguir sucesso na sua área de gestão, sem esperar soluções mágicas. Clique e confira.

  • As vantagens dessa aventura chamada mercado financeiro para as empresas
    As vantagens dessa 'aventura' chamada mercado financeiro para as empresas
    Duração: 07min | 08/10/2019

    Carlos Julio comenta o conceito de IPO, ou 'oferta pública inicial'. É quando uma empresa vende suas ações ao público pela primeira vez. Ela pode ser primária ou secundária. Neste momento, por exemplo, o mercado está com os olhos voltados para a Vivara, que fará sua estreia na Bolsa de Valores. 'Numa democracia capitalista, mercado de capitais é ótima opção para termos empresas mais saudáveis, e, com isso, mais empregos e mais geração de emprego'.

  • Sinergia é uma das formas de tornar a empresa mais competitiva
    Sinergia é uma das formas de tornar a empresa mais competitiva
    Duração: 06min | 07/10/2019

    Carlos Júlio explica o conceito, que passa por fazer mais com menos e usar o potencial máximo de cada um dos seus talentos. 'É entender que somos mais importantes como um time', descreve.

  • Com tom humano, Founders Forum reúne estrelas do mundo digital
    Com tom humano, Founders Forum reúne estrelas do mundo digital
    Duração: 02min | 05/10/2019

    Convidados demonstraram grande preocupação com questões humanas. Reid Hoffman, fundador do Linkedin, disse que estudar filosofia o ajudou muito nesse sentido.

  • Liderança das empresas deve acompanhar as transformações sociais
    Liderança das empresas deve acompanhar as transformações sociais
    Duração: 26min | 05/10/2019

    Alexandre Marins, diretor de desenvolvimento de talentos da Consultoria LHH, explica que o desafio, hoje, não é só entregar resultados, mas pensar na direção que a organização vai seguir no futuro. 'A questão é: como eu vou continuar sendo relevante? Se eu não usar os recursos disponíveis, alguém vai usar', ensina.

  • O mundo digital mudou alguma coisa na relação das crianças com as marcas?
    O mundo digital mudou alguma coisa na relação das crianças com as marcas?
    Duração: 06min | 05/10/2019

    Jaime Troiano explica que criança é o público que mais se readaptou a essa grande ambientação digital. ‘Elas estão muito adaptadas a esse mundo’. Ele acrescenta que as marcas, de alguma forma, estão mais hábeis em fazer com a relação delas com crianças acompanhe essa ambientação. Cecília Russo diz que essa é uma geração da interatividade com as marcas. ‘Marcas que falam com crianças precisam respeitá-las e, além disso, saber integrar o digital como parte dessa vivência atual da geração’.

  • O carisma acústico
    O carisma acústico
    Duração: 08min | 04/10/2019

    Leny avalia a dúvida de uma ouvinte, que questiona como ela pode saber se sua voz é 'boa' ou não. 'É algo subjetivo, tem muito a ver com gosto. Nossa voz carrega nossa intenção. Temos como avaliar se ela é interessante pelo tipo de impacto que a gente causa no outro'.

  • Dica de quinta-feira: livro conta a história do homem considerado o maior coach do mundo
    Dica de quinta-feira: livro conta a história do homem considerado o maior coach do mundo
    Duração: 03min | 03/10/2019

    'O coach de um trilhão de dólares: O manual de liderança do Vale do Silício', de Eric Schimdt, Jonathan Rosenberg e Alan Eagle, mostra os princípios usados por Bill Campbell, que ajudou a salvar a Apple da falência e a construir o Google.

  • Bons gestores são aqueles que enfrentam os problemas, não os que aguardam milagres
    Bons gestores são aqueles que enfrentam os problemas, não os que aguardam milagres
    Duração: 06min | 01/10/2019

    Carlos Julio se diz otimista: 'o ser humano sempre encontra uma solução para as crises'.

  • Por que não pagamos por serviços online como o buscador do Google?
    Por que não pagamos por serviços online como o buscador do Google?
    Duração: 06min | 30/09/2019

    No mundo digital, existe a tese de tornar o custo viável marginal o mais próximo possível de zero. Isso se refere ao gasto para produzir uma unidade adicional ao que já é feito pela empresa. Carlos Julio explica a relação dessa tese com os lucros.

  • Como enfrentar conversas difíceis no trabalho numa situação de estresse emocional?
    Como enfrentar conversas difíceis no trabalho numa situação de estresse emocional?
    Duração: 02min | 28/09/2019

    Os chefes devem ter uma 'audição qualificada', ouvindo os argumentos que explicam a insatisfação no trabalho com humildade para reconhecer possíveis erros. As interações digitais também são importantes para costurar boas relações dentro da empresa.

  • Avanços tecnológicos demandam um novo perfil dos líderes
    Avanços tecnológicos demandam um novo perfil dos líderes
    Duração: 24min | 28/09/2019

    Flávia Leão, head de liderança e sucessão para a América Latina da Russel Reynolds, descreve o que as empresas esperam dos líderes que assumem em meio à transformação digital: 'não se espera que o executivo tenha um conhecimento técnico, mas sim que o executivo saiba reconhecer quais são as soluções que vão transformar o negócio dele e que consiga fazer uma análise crítica disso'.

  • Séries podem ser vistas como marcas?
    Séries podem ser vistas como marcas?
    Duração: 06min | 28/09/2019

    Jaime Triano explica que 'marca é uma identidade que você constrói em torno de uma ideia central e as séries são, sem dúvida nenhuma, marca'. Elas movimentam muito dinheiro como as boas marcas são capazes de fazer. Cecília Russo fala da aproximação da série com outras marcas de diferentes segmentos. 'É uma marca alimentando outra e se reconstruindo reciprocamente'.

  • Quando o desrespeito contra mulheres é internalizado fica mais difícil combater
    'Quando o desrespeito contra mulheres é internalizado fica mais difícil combater'
    Duração: 08min | 27/09/2019

    Leny Kyrillos analisou um estudo que virou livro sobre como as mulheres são, ou não são, ouvidas na faculdade de direito da Universidade de São Paulo. A USP detectou que as vozes femininas não eram escutadas como deveriam e propôs mudanças estruturais para mudar a realidade. Pesquisadores observaram aulas e seminários por quatro meses. Professoras são apenas 17% do corpo docente do curso de direito na universidade e alunas são mais interrompidas que alunos. Uma das medidas é a possibilidade de congelar vaga por um ano para candidatas grávidas para promover inclusão.

  • Qual é a diferença entre private equity e venture capital?
    Qual é a diferença entre private equity e venture capital?
    Duração: 05min | 25/09/2019

    O primeiro diz respeito ao dinheiro colocado nas empresas por investidores privados que compram participação nas mesmas; já o segundo é o capital de risco de quem aposta em negócios futuros. Carlos Julio traz os detalhes.

  • Cuidar dos detalhes é a receita para resultado positivo no empreendedorismo
    'Cuidar dos detalhes é a receita para resultado positivo no empreendedorismo'
    Duração: 05min | 24/09/2019

    Carlos Julio analisou as necessidades do empreendedor para fazer um negócio prosperar. O comentarista afirmou que a solução de problemas pode estar na MPC - muitas pequenas coisas. 'Receita da boa gestão é cuidar de vários aspectos empresariais ao mesmo tempo', aconselha Carlos Julio.

  • Experiência do cliente é fundamental para reputação da marca
    'Experiência do cliente é fundamental para reputação da marca'
    Duração: 06min | 23/09/2019

    Carlos Julio analisou a atuação de marqueteiros ao longo dos anos no Brasil. O comentarista afirmou que ter boa estratégica de comunicação facilita a produção de uma marca, mas a colocação no mercado depende diretamente da relação com o cliente.

  • O futuro das carreiras: chegou a hora de transformar o conceito de velhice em maturidade
    O futuro das carreiras: chegou a hora de transformar o conceito de velhice em maturidade
    Duração: 02min | 21/09/2019

    Dica do dia sobre liderança digital vai para quem tem mais de 40 anos e é inspirada no executivo da AirBNB, que tem 58 anos e é considerado um dos profissionais mais digitais do mundo. Ele nos ensina a pensar na trajetória profissional de forma adequada à realidade contemporânea. Afinal, temos perspectiva de ficar no mercado por mais tempo e o conceito de velhice mudou muito nos últimos tempos.

  • Pense antes e falar, porque a palavra tem o poder de construir e destruir
    'Pense antes e falar, porque a palavra tem o poder de construir e destruir'
    Duração: 26min | 21/09/2019

    Mílton Jung conversa com Diogo Arrais, professor de língua portuguesa e fundador da Escola Arrais, dedicada à comunicação, sobre a influência das palavras na sua carreira.

  • Bairros também são marcas e precisam ter uma gestão
    'Bairros também são marcas e precisam ter uma gestão'
    Duração: 07min | 21/09/2019

    Jaime Troiano e Cecília Russo falam do trabalho desenvolvido no bairro de Pinheiros. O Baixo Pinheiros hoje é uma marca importante. 'É um bairro que tem uma mistura positiva de muitas tonalidades'. É raro encontrar isso em um espaço geográfico tão pequeno. 'Esse sentido dos encontros foi o que a gente colocou como a principal alma desse bairro'. Como toda marca, ela precisa de uma gestão. Esses encontros não ficarão para sempre se essa marca não for cuidada.

  • Sensação de pouca confiança transparece na atitude e no comportamento
    'Sensação de pouca confiança transparece na atitude e no comportamento'
    Duração: 08min | 20/09/2019

    Leny Kyrillos comenta uma pesquisa que entrevistou empreendedores e constatou que, em geral, mulheres têm melhor formação, mas menor confiança em suas vidas profissionais. Para ela, essa insegurança pode ser notada na linguagem, na voz e na expressão corporal. 'Em qualquer situação é importante buscar um protagonismo na comunicação', comenta ela.

  • Não pense que após mudar de emprego você terá vida fácil
    Não pense que após mudar de emprego você terá vida fácil
    Duração: 06min | 19/09/2019

    Lembrando que, antes de tentar essa troca, o profissional deve caprichar na atualização do currículo. Esse é o primeiro caso.

  • Além de apenas buscar emprego, é preciso ter um projeto definido
    Além de apenas buscar emprego, é preciso ter um projeto definido
    Duração: 05min | 18/09/2019

    O 'trabalho' do desempregado tem que ser a recolocação no mercado. É preciso se capacitar, buscar novas competências mesmo que por conta própria.

  • Assim como no futebol, um bom funcionário demitido reforça a concorrência
    Assim como no futebol, um bom funcionário demitido reforça a concorrência
    Duração: 06min | 17/09/2019

    Santos não teve condições financeiras para retor Gabigol e Bruno Henrique. Flamengo, bem capitalizado, contratou os dois para o seu ataque e sofreu derrota. Empresas vivem situações semelhantes quando há fusão, por exemplo. Há estratégias para evitar essa situação.

  • Negócio familiar é considerado responsável pelo início de carreira de Roberto Leal
    Negócio familiar é considerado responsável pelo início de carreira de Roberto Leal
    Duração: 05min | 16/09/2019

    Carlos Julio relembra a chegada da família do cantor no Brasil e o investimento em venda de linguiça calabresa para ajudar na carreira do artista. O comentarista afirmou que as pequenas empresas são responsáveis por solucionarem problemas logísticos de lugares distantes dos grandes polos comerciais.

  • Geração do milênio chega ao mercado com inteligência digital, mas com problema comportamental
    Geração do milênio chega ao mercado com inteligência digital, mas com problema comportamental
    Duração: 02min | 14/09/2019

    Ansiedade em receber promoção mais rapidamente e falta de tato na condução de projetos são alguns dos problemas. Uma das razões é que jovens cresceram jogando vídeo games, ou seja, se acostumaram a passar de nível rapidamente e com aprovação das redes sociais.

  • A arte de clientar e apreçar
    A arte de 'clientar' e 'apreçar'
    Duração: 25min | 14/09/2019

    'Nós fazemos a atração. A empresa boa, o profissional bom, cria um campo de atração, um campo de valor', garante José Carlos Teixeira Moreira, presidente da Escola de Marketing Industrial.

Informações: